quarta-feira, 22 de setembro de 2010

ANDARILHO

Sondando, eu vou buscar:
No caminho a seguir,
a luz do iluminar,
os conselhos de aceitar,
as mãos de amparar.
No céu aberto,
as nuvens do precaver,
a lua do bem pensar.
E, na vaga sombra,
penumbra de entristecer,
o sol de alegrar.

Caminhando então,
um pedaço do mundo,
pra poder percorrer,
vou levando comigo.
Se alguém perguntar,
um pedaço do mundo
sempre posso mostrar.

Pequenino eu vou,
pés descalços no chão,
neste chão que é meu,
ferindo a terra,
rasgando o espaço
e o vento que sopra
meu corpo pequeno.

Pequeno,
sou carente.
Ente, sou gente.
Com Karma ou sem,
sou presente sou real.


Um olhar de ternura
no caminho que vou
suplicante eu peço.

AUTOR:EDISON RODRIGUES PAULINO


Nenhum comentário:

Postar um comentário